EFEITOS FITOTÓXICOS SOBRE A CULTURA DO ALFACE OCASIONADOS PELA DERIVA SIMULADA DE HERBICIDAS UTILIZADOS NO MILHO

Paulo Vinicius Da Silva, GASPAR de Nicolle, Nagila Moraes Ribeiro, Paulo Henrique Viera, Patricia Andrea Monquero

Resumo


A deriva de herbicidas através de pulverizações pode resultar no transporte desses produtos da cultura, onde inicialmente foi posicionado, até áreas não alvo, resultando em danos na produtividade e morfologia de culturas sensíveis. Sendo assim o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos causados pela deriva simulada de herbicidas utilizados na cultura do milho sobre a alface brunela (Lactuca sativa var. brunela) e sobre a alface crespa (Lactuca sativa var. Crispa). O experimento foi realizado em casa de vegetação com delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições, em esquema fatorial 10x4, sendo dez herbicidas recomendados para a cultura do milho (bentazon, ametrina, amicarbazone, 2,4D, atrazine, mesotrione, atrazine + cimazine, trifluralina, isoxaflutole e chlorimuron) e quatro doses 0D, 0,25D, 0,5D, 1D; sendo D a dose comercial. Aos 7, 10 e 15 dias após a aplicação (DAT) dos herbicidas, foram realizadas avaliações visuais de fitotoxicidade. Aos 15 DAT foi efetuada a massa seca da parte aérea. Para a variedade brunela o herbicida bentazon também não ocasionou efeitos deletérios no desenvolvimento das plantas de alface no que tange a fitoxicidade. Na variedade de alface crespa a exposição das plantas de alface aos herbicidas 2,4 D, mesotrione e isoxaflutole resultaram em efeitos fitotóxicos severos. Para a variedade brunela, para todos os herbicidas a dose de 0,25 D resultou em danos pouco expressivos e os herbicidas 2,4 D e mesotrione, foram os que resultaram em efeitos mais severos. Na variedade crespa os danos fitotóxicos foram mais severos que na variedade brunela.

Texto completo:

PDF

Referências


AL-KHATIB, K. et al. Grain sorghum response to simulated drift from glufosinate, glyphosate, imazethapyr and sethoxydim. Weed Technology, v. 17, n. 2, p. 261-265, 2003.

ALAM. ASOCIATION LATINOAMERICANA DE MALEZAS. Recomendaciones sobre unificación de los sistemas de evaluación em ensayos de control de malezas. ALAM, Bogotá, v.1, p.35-38, 1974.

ALVES, R.M. ; INACIO, E.M. ; MONQUERO, P.A. ; MENEGHIN, S.P. ; HIRATA, A.C.S. . Leaf-surface characterization and the effects of the herbicide saflufenacil on the leaves of weeds. Agrária (Recife. Online), v. 9, p. 550-555, 2014.

CHRISTOFFOLETI, P. J. et al. Auxinic herbicides, mechanisms of action, and weed resistance: A look into recent plant science advances. Scientia Agricola (USP. Impresso), v. 72, p. 356-362, 2015.

COSTA, A. G. F. et al. Efeito da intensidade do vento, da pressão e de pontas de pulverização na deriva de aplicações de herbicidas em pré-emergência. Planta Daninha, v. 25, n. 1, p. 203-210, 2007.

CUNHA, J. P. A. R. et al. Avaliação de estratégias para redução da deriva de agrotóxicos em pulverizações hidráulicas. Planta Daninha, v. 21, n. 2, p. 325-332, 2003.

GIORDANI, Gláucia Maria Rojas Cabrini; SANTOS, Humberto Silva ; SCAPIM, Carlos Alberto ; CONSTANTIN, Jamil ; CALLEGARI, Osni . Seletividade de herbicidas aplicados em pré e pós-transplante da cultura da alface. Acta Scientiarum (UEM), Maringá, v. 22, p. 985-991, 2000.

HEMPHILL Jr., D. D.; MONTGOMERY, M. L. Response of vegetable crops to sublethal application of 2,4-D. Weed Sci., v. 29, n. 6, p. 632-635, 1981.

KLUPINSKI, T. P., CHIN, Y. P. Abiotic Degradation of Trifluralin by Fe(II): Kinetics and Transformation Pathways. Environ. Sci. Technol., Easton v. 37, p. 1311-1318, 2003.

KROHN NG; MISSIO RF; ORTOLAN ML; STEINMACHER DA; LOPES MC. 2003. Teores de nitrato em folhas de alface em função do horário de coleta e do tipo de folha amostrada. Horticultura Brasileira 2: 16-219.

LUCHINI, L.C. Dinâmica ambiental dos agrotóxicos. In: Raetano, C. G.; Antuniassi, U. R. Qualidade em tecnologia de aplicação. Botucatu: Fepaf, 2004. p. 36-39

MORO, M. S.; YAMAUTI, M. S. ; NEPOMUCENO, M. ; ALVES, P. L. C. A. . Deriva Simulada de Herbicidas Utilizados em Cana-de-açúcar em Alface. In: XXVIII Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas, 2012, Campo Grande, MS. Anais, 2012.

OZKAN, H. E. Reducing spray drift, 2000. Disponível em: Acesso em: 10 de maio de 2016.

PAULO, E.M.; FUJIWARA, M.; NISHIDA, T. Controle das plantas daninhas na cultura da alface transplantada com o herbicida oxadiazon. Bragantia, 49(2):403-411, 1990.

PÔRTO ML. 2006. Produção, estado nutricional e acúmulo de nitrato em plantas de alface submetidas à adubação nitrogenada e orgânica. 2006. Areia: UFPB-CCA. 66f. (Tese mestrado).

PÔRTO ML; ALVES JC; SOUZA AP; ARAUJO RC; ARRUDA JA. 2008. Nitrate production and accumulation in lettuce as affected by mineral nitrogen supply and organic fertilization. Horticultura Brasileira 26: 227-230.

PENCKOWSKI, L. H.; PODOLAN, M. J.; LÓPEZOVEJERO, R. F. Influência das condições climáticas no momento da aplicação de herbicidas pós-emergentes sobre a eficácia de controle de nabiça (Raphanus raphanistrum) na cultura do trigo. Planta Daninha, v. 21, n. 3, p. 435-442, 2003.

RODRIGUES, B.N.; ALMEIDA, F.S. (Ed.). Guia de herbicidas. 6 ed. Londrina, PR: Edição dos autores, 2011. 697 p.

SALA FC; COSTA CP. 2005. 'Pira Roxa': Cultivar de alface crespa de cor vermelha intensa. Horticultura Brasileira 23: 158-159

SCHROEDER, G. L.; COLE, D. F.; DEXTER, A. G. Sugarbeet (Beta vulgaris L.) response to simulated herbicide spray drift. Weed Sci., v. 31, p. 831-836, 1983.

TUFFI SANTOS, L. D. et al. Intoxicação de espécies de eucalipto submetidas a deriva de glyphosate. Planta Daninha, v.24, n.2, p.359-364, 2006.

YAMASHITA, O. M.; GUIMARÃES, S. C. Qualidade de sementes de algodão provenientes de plantas tratadas com doses reduzidas de glyphosate. Planta Daninha, v. 24, n. 2, p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Ensaios Pioneiros

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana